o mago

Eu queria ter um pouco mais de magia do que posso oferecer, mas escolhi as palavras para transformar as coisas e as pessoas em coisas e pessoas distantes especificamente do que elas não querem ser. Sou escritor desde que aprendi a escrever, mas comecei a usar a magia escrita aos 16 anos, quando terminei meu primeiro diário mágico chamado “Magos da Música”, publicado em 2014, quando eu já tinha 18 anos. Sou estudante de Jornalismo, mas isso é só pra me dar uma identidade secreta. Músico, um poder à parte – relativamente forte, no entanto. Mecho com signos, sinais e sinônimos. Às vezes eu posso contar histórias tristes, às vezes histórias felizes. Às vezes só histórias. E haverá momentos em que nem mesmo sejam histórias, mas a gente vai se entendendo. Apenas siga, venha comigo; o caminho do mago pode ser bem diferente do que você espera.

14322753_1082389321816006_5505286933276170753_n